Slide toggle

Blog

O que fazer quando o elevador quebra?

É possível dizer que, praticamente todos os que vivem ou que circulam dentro do condomínio, já vivenciaram a triste situação de se estar dentro de um elevador, e o mesmo parar por alguma falha técnica ou por falta de energia. Se você ainda não vivenciou uma situação como esta, leia com atenção as dicas dessa notícia para saber o quer fazer caso o elevador pare com você lá dentro.

Caso aconteça essa situação, esteja preparado e tentar manter a calma nessa hora é o melhor a se fazer.
Caso esteja acompanhado, tente acalmar as pessoas que estão com você, dizendo que é normal acontecer isso, e que o elevador não tem o risco de cair ou coisas do tipo.
Segundo os fabricantes, os elevadores têm ventilação necessária para respiração.
Não tente sair do elevador em nenhuma hipótese, principalmente se o mesmo estiver entre dois andares, pois o elevador pode voltar a funcionar a qualquer momento.
Acione o alarme do elevador, ligue para o porteiro através do interfone, ou ligue para o corpo de bombeiros. Caso isso não seja possível no momento, tente pedir ajuda de alguém que esteja de fora do elevador.
Não force ou danifique a porta! Tal ação pode dificultar o resgate quando a equipe de resgate chegar.

Caso você seja um morador, ou até o mesmo o síndico do condomínio, fique atento para saber o quer fazer nessa situação.

Não tente resgatar a pessoa presa por conta própria, muito menos permita que pessoas não capacitadas para aquele tipo de serviço tente tirar alguém do elevador.
O resgate por pessoas despreparadas, pode trazer riscos de vida, tanto para o passageiro que esta em apuros, quanto para a pessoa que esta fazendo o resgate.
Tente chamar a empresa responsável pelos elevadores ou o corpo de bombeiros, que são os únicos capazes de realizar o resgate, caso for necessário.
Em casos de que a pessoa que está presa, comece a passar mal, tente conversar com ela, e explique que todos os procedimentos estão sendo realizados e que logo ela sera resgatada.
Faça o possível para distrai-la. Converse sobre qualquer assunto com a mesma (perguntar sobre a vida é um bom início), sempre olhando-a no olho.
Independentemente da situação, o melhor a ser feito é manter a calma e esperar o resgate chegar! Não tome atitudes precipitadas e não entre em pânico.

Parceria com a Microcamp dá descontos em cursos para  novas e promissoras profissões  

Diretor o Sr. Thiago Nazar representante da empresa MICROCAMP-ES

Condôminos cujos imóveis são administrados pelo Grupo ATTA já podem fazer cursos de informática e inglês com até 70% de descontos. O benefício é resultado da parceria firmada entre o Grupo Atta e a principal rede de escolas de informática do Brasil, a Microcamp que está completando 40 anos de atividade no mercado e possui mais de 70  unidades instaladas no país, duas delas no Espírito Santo: uma em Vitória e outra em Vila Velha.O benefício é válido para qualquer um dos cursos oferecidos pela Microcamp como Informática Moderna, Design de Games, Hardware e Inglês I Do.

No curso de Informática Moderna, um dos principais diferenciais é o módulo que ensina o aluno a desenvolver aplicativos.  “É a primeira escola no Brasil onde o aluno entra para o curso sem conhecimentos em informática e após dois anos sairá apto a criar aplicativos para celulares Apple e Android”, assegura o diretor da Microcamp no Espírito Santo, Thiago Nazar.

É um grande diferencial, segundo o diretor, uma vez que o setor de aplicativos é um dos mais atraentes para empreendedores iniciantes pois oferece oportunidades interessantes em várias áreas.

O curso de Informática Moderna ainda traz outros quatro módulos complementares que preparam o aluno para as novas profissões do mercado: Gestão Administrativa, como ser um Youtuber, Internet das Coisas e Aplicativos de Realidade Virtual.

No curso de Hardware o aluno aprende a montar e fazer manutenção não só em computadores, mas também em celulares Apple e Android e robôs. E ainda vai trabalhar com o Arduino, que são placas  que tornam mais fácil e econômica a criação de dispositivos inteligentes capazes de interagir com o ambiente, como robôs, por exemplo.

Este curso também oferece módulos complementares atualizados com o mercado como Manutenção de Drones, Case Mod (que é arte de customizar o gabinete do computador baseado em algum tema de interesse), Dispositivos Vestíveis (aparelhos que permitem uma maior interação do usuário com seu smartphone, como os óculos de realidade virtual, os relógios e as pulseiras inteligentes.) e Robótica social (robôs com função social, que interagem com seres humanos).

 

Já no curso de inglês I Do as atualizações ficaram por conta da inclusão de quatro módulos complementares: Inglês para Viagens, Inglês Profissional, Inglês para Youtube e Inglês para Culinária.

 

Os interessados devem entrar em contato com a Microcamp – 3024-9900 e Microcamp Vila Velha – 3061-0900. Para saber mais informações sobre o desconto, basta apresentar seu boleto de condominio em qualquer escola Microcamp do Espirito Santo e receber seu desconto.

DOMANI – Interiores

“Quem nunca ouviu a expressão: ” A primeira impressão é a que fica!”. Assim, diante dessa afirmativa e reconhecendo que os halls de entrada dos edifícios são verdadeiros cartões de visita, nós da Domani Interiores, oferecemos um trabalho diferenciado para ambientação de halls de condomínios.

Com profissionais qualificados, acompanhamento de equipe de designs, realiza-se proposta de ambientação personalizada para todo hall dos condomínios, buscando funcionalidade nos projetos, cujo acompanhamento é feito desde o layout para o ambiente até escolha dos mobiliários, definição de cores e acabamentos, e composição com toda linha de adornos e papéis de parede.

Uma Domani completa de forma a otimizar todo trabalho junto à parceiros, proporcionando resultados extremamente gratificantes. Além do trabalho junto aos halls, apresentamos todo mobiliário para composição das áreas comuns dos edifícios. Seja na área de churrasqueira, piscina, salão de festas ou gourmet, oferecemos mesmo acompanhamento através de projetos em 3D e definição de todo mobiliário.
Observe que no site Churrasqueira, ( acontece um vácuo no texto ) logo após observa que vai para piscina, são de festa.
O certo é o continuar : Uma Domani completa de forma a otimizar todo trabalho junto à parceiros, proporcionando resultados extremamente gratificantes. Além do trabalho junto aos halls, apresentamos todo mobiliário para composição das áreas comuns dos edifícios. Seja na área de churrasqueira,piscina, salão de festas ou gourmet, oferecemos mesmo acompanhamento através de projetos em 3D e definição de todo mobiliário.

INSPEÇÕES PREDIAIS

As chuvas, vibrações sísmicas (a grande maioria não são sentidas por nós, em razão da localização centralizada do território brasileiro sobre a placa tectônica Sul-americana), ventos, raios e a passagem constante de moradores e visitantes, contribuem para o desgaste das estruturas dos prédio dos condomínios. Esse desgaste, pode culminar em problemas sérios, como falhas no sub-solo, garagem, rachaduras nas paredes, vazamentos e até mesmo, o desmoronamento total ou parcial do prédio. Para conservar o prédio, pelo menos uma inspeção predial deverá ser realizada anualmente ou semestralmente, dependendo da estrutura e do porte dos blocos e torres do condomínio.

Inspeção Predial - Seu Condomínio (sistema de administração de condomínios, site de condomínio, condomínio web, software para gestão/administração de condomínio, aplicativo para condomínio) pensando sempre no melhor para o morador, síndico, zelador, porteiro e todos que estão de uma forma ou outra relacionados a um condomínio!

Ambos síndico e zelador, devem fazer rotineiramente, vistorias sobre a estruturas e às bases do prédio. Em relação as estruturas, os mesmo podem realizá-la, tendo em vista que só exigem um bom olhar crítico. Para as estruturas das bases, é necessário que o condomínio contrate engenheiros ou empresas de engenharia que possam fazer uma análise das estruturas, para liberar um laudo sobre o funcionamento e o futuro do prédio. Se o condomínio não tiver condições de contratar um especialista privado, o síndico poderá entrar em contato com a defesa civil, que irá avaliar a situação da estrutura do prédio, liberando laudo que servirá como base para possíveis intervenções.

Para contribuir com o zelo das estruturas, o síndico e o zelador devem se atentar a alguns pontos especiais, que podem interferir bastante na vida útil da estrutura do prédio:

  • Documental técnico e administrativo;
  • Fundações;
  • Sub-solo;
  • Estrutura (concreto e armaduras);
  • Caixa d’água, cisterna;
  • Rachaduras;
  • Cobertura, telhado;
  • Fachadas, vedações e impermeabilizações;
  • Revestimentos;
  • Instalações elétricas, quadros de distribuição;
  • Instalações de gás;
  • Acessibilidade, acessos;
  • Revisão, instalação de pára-raios;
  • Isolamento da prumada de escadas;
  • Verificação de formação de brigada de incêndio;
  • Corrimão nas escadarias;
  • Iluminação de emergência;
  • Sinalização de rotas de fuga e equipamentos;
  • Elevadores.

Alguns outros itens como pintura, iluminação, jardinagem, rampas e itens decorativos não precisam, necessariamente, constar na inspeção predial.

O QUE É MELHOR PARA O CONDOMÍNIO: UM SÍNDICO OU UMA ADMINISTRADORA?

A gestão de um condomínio pode ser bastante complicada. Fazer valer todas as leis, cobrar que os deveres dos condôminos, principalmente os que dizem respeito à taxa condominial sejam cumpridos, realizar a manutenção do condomínio, fazer compras, cuidar da segurança, convocar assembleias, resolver as ocorrências, gerenciar os agendamentos, contratar empresas terceirizadas, manter a ordem, evitar e, se for o caso, resolver conflitos internos… Ufa! Ás vezes é coisa de mais para um síndico fazer. Para casos onde o trabalho é demasiado pesado, existem as administradoras de condomínio, que realizam o mesmo trabalho de um síndico, mas atendem vários condomínios de uma só vez e contam com uma grande equipe com funcionários que atuam nos mais variados campos (jurídico, administrativo, serviços gerais, segurança, etc). O que é o ideal para o seu condomínio?

síndico ou administradora?

Dependendo do porte e do padrão, a melhor opção, sem sombra de dúvidas, seria fechar contrato com uma administradora. Além de cuidarem, de forma geral, dos assuntos condominiais, as administradoras geralmente assumem toda a responsabilidade, principalmente no que se diz respeito a cobranças de taxas condominiais. Qualquer assunto ou necessidade que o condomínio tiver, se o contrato com a administradora cobrir, será resolvido pela administradora. Em alguns casos, mesmo se o porte do condomínio for grande, é possível geri-lo sem a ajuda de uma administradora. Claro que as tarefas deverão ser divididas entre síndico, subsíndicos e conselheiros. Estes últimos, serão de extrema necessidade para o condomínio no que se diz respeito a controle das contas e transparência da gestão.

Se o condomínio for de menor porte, é possível dividir as tarefas entre síndicos e grupos gestores, formados pelos próprios condôminos. A gestão, nesse caso, pode ser ainda mais transparente pois a administração do condomínio será realizada por pessoas de dentro, geralmente conhecidas pela maioria dos condôminos.

5 ITENS QUE PODEM CONTRIBUIR PARA DEIXAR O CONDOMÍNIO NO VERMELHO

á falamos aqui em nosso site, sobre alguns pontos que podem contribuir para colocar as contas do condomínio no verde. Boas ações, investimentos e um bom nível de adimplência são essenciais para deixar o condomínio de bem com as contas. Já sabemos o que pode ser feito para melhorar a situação financeira do condomínio, e o que não pode ser feito? Confira os 5 pontos que contribuem para que o condomínio entre no vermelho e que, claro, devem ser evitados no condomínio.

  • Alta taxa de inadimplência:Esse é um dos pontos principais. Um condomínio só pode ser bem gerido se tiver condôminos que mantém o pagamento das taxas condominiais em dia. Vale lembrar que a receita principal do condomínio é justamente o montante proveniente das contribuições mensais dos moradores. Se os condôminos não pagarem suas taxas devidamente e sem atrasos, fica muito mais difícil gerir as contas, o que pode acabar por atingir todos os outros moradores.
  • Altos preços dos fornecedores de produtos e serviços:Um ponto que depende mais da administração em si do que dos moradores do condomínio é cotação de produtos e serviços oferecidos por terceiros para a administração ou manutenção do condomínio. Antes de autorizar ou realizar uma compra, é necessário realizar cotações afim de procurar, além do melhor produto, o melhor preço.
  • Contas de água, energia e gás:gasto de água nos condomínios
  • Um ponto com o peso de três. Além de ser uma questão de bom senso, economizar água e energia contribui para uma maior sustentabilidade no condomínio e na natureza. Gastos excessivos devem ser monitorados não somente pela administração interna do condomínio, mas policiados também pelos vizinhos, familiares, responsáveis pela manutenção do condomínio, porteiros, zeladores, etc.
  • Despesas desnecessárias: Alguns produtos e serviços são comprados ou contratados para o condomínio mesmo que a estrutura, a administração ou os moradores não estejam precisando. São os chamados gastos supérfluos que, além de em alguns casos serem extremamente inúteis, não apresentam melhoria alguma para a vida no condomínio. Alguns produtos, depois que comprados, simplesmente ficam lá, jogados em um canto, acumulando poeira e ocupando espaço, apenas. Antes de realizar qualquer compra para o bem do condomínio e benefício comum dos condôminos, é necessário pedir a aprovação da mesma junto aos moradores, de preferência em uma assembleia (por conta da votação e do quórum de moradores).
  • Corrupção no condomínio: corrupção nos condomínios
  • Este é um problema presente, infelizmente, de modo geral, em todo o país. Nem mesmo os condomínios conseguem escapar dos administradores corruptos, que dão o famoso “jeitinho brasileiro” para aproveitarem dos lucros no condomínio. Síndicos, conselheiros, consultores fiscais, entre outros, por vezes se aproveitam do seu cargo para colocar as mãos no dinheiro proveniente das contas do condomínio. Os moradores devem ficar atentos à qualquer movimentação estranha nas contas do condomínio. É direito dos moradores terem acesso às contas do condomínio, mesmo que seja em forma de um demonstrativo simples.

Se os itens acima forem evitados, dificilmente as contas do condomínio entrarão no vermelho. Cada um, síndico, conselheiro e morador pode fazer sua parte para melhorar a vida no condomínio e evitar o colapso das contas.

FESTAS DE FIM DE ANO NO CONDOMÍNIO!

Está chegando a melhor época do ano. Cores, presentes, comida boa, família, amigos, união e carinho são palavras chaves no Natal e no Ano novo. Não só entre nossos amigos e familiares, mas também com nossos vizinhos, acabamos por criar alguns laços de afeto e carinho. Em um condomínio, onde os vizinhos dividem os mesmo espaços em comum, se cumprimentam nos elevadores, escadas e hall de entrada, é comum a realização de festas comunitárias tanto pela administração do condomínio quanto por um grupo de moradores.

Os salões de festas, no fim do ano, são amplamente requisitados pelos condôminos. Todos desejam realizar festas com seus amigos e familiares. Acontece que na maioria dos casos, todos querem agendar os salões de uso comum em um mesmo dia e horário, o que pode gerar uma dor de cabeça à administração do condomínio.

festas de fim de ano no condomínio

Um método que tem sido bastante disseminado em condomínios de médio e alto padrão, é a realização de um evento dentro do próprio espaço do condomínio, destinado à todos os moradores que tiverem interesse na confraternização em grupo.  Se pararmos para analisar, além de ser algo que pode evitar maiores conflitos quanto aos agendamentos múltiplos no mesmo dia e horário, uma festa desse tipo contribui para uma aproximação dos vizinhos e moradores que participam da vida comunitária dentro do local.

Talvez não seja fácil organizar uma festa para tanta gente, mas de fato é uma solução viável. É possível contratar uma empresa que cuida da realização de eventos. Iluminação, música, buffet e decoração já estariam dentro do pacote. Bastaria apenas realizar uma cotação dos fornecedores para encontrar aquele que atenderia melhor às necessidades dos condôminos, cobrando o melhor preço.

A ideia, é claro, precisa ser apresentada aos moradores e aprovada pelos mesmo. Além disso, é necessário discutir e os gastos serão bancados com uma despesa à mais ou será retirada de um fundo que o condomínio dispõe.

AGENDAMENTO DE SALÕES DE FESTAS E GOURMET NOS FINAIS DE ANO

Às vezes, agendar uma área comum em um dia qualquer, mesmo que seja no meio da semana, pode ser algo um tanto quanto complicado, ainda mais em condomínios que possuem um alto número de moradores. Todos querem uma coisa em comum: realizar festas com familiares e amigos nos salões de festas ou gourmet do condomínio. O problema é justamente este: todos querem agendar em um mesmo dia, em uma mesma data. Nessa visão, o que a administração pode fazer para evitar conflitos de interesse e manter a paz no condomínio?

Há três modos de ceder uma área comum aos condôminos sem gerar conflitos:

Sorteio: Para que acredita em sorte, essa com certeza é a melhor alternativa. Não há justiça, não há bem ou mal, não há como favorecer um morador nem outro. Apenas o acaso, ou o domínio das probabilidades, decidiria à quem a área será cedida. O sorteio pode ser realizado por meio de um papel com um número (pode ser o número da unidade do morador X) ou pelo nome do responsável pela unidade.

Cessão da área por meio de uma venda: Sim, por mais polêmico que esse método possa ser, se estiver de acordo com o RI (Regimento Interno) do condomínio, é possível cobrar uma taxa à mais pelo agendamento da área. Pode ser realizado até mesmo um leilão, partindo de um valor mínimo, dando espaço aqueles que estão dispostos a pagar um pouco mais para ter a área à disposição na comemoração com amigos e familiares.

festas de fim de ano em condomínios

Festa interna comunitária: Ao contrário das outras opções, essa visa o bem comum de todos os moradores. Nem sorte e nem dinheiro atuariam aqui; apenas o bom senso e a boa convivência dos condôminos influenciariam na confraternização. Além de ser uma solução que beneficia a todos os condomínios, a festa interna para todos os condôminos propõe até mesmo uma melhora na relação entre a população do condomínio. Vários condomínios já realizam festas desse tipo, com direito até mesmo à apresentações de corais musicais e banquetes propostos pela administração. As despesas podem ser provenientes dos dividendos do condomínio ao longo do ano ou rateada entre as unidades.
É importante frisar que em todos os métodos, é importante que o RI não seja ignorado. Se possível, seria ainda melhor consultar os moradores, por meio de um assembleia ou votação, sobre a escolha do método a ser utilizado.

INSPEÇÃO PREDIAL

A inspeção predial realizada rotineiramente é muito importante, pois pode evitar acidentes, ações judiciais contra síndicos e desvalorização de imóveis. Assim como que a inspeção do prédio ajuda a evitar acidentes no condomínio? Vejamos como que essa vistoria realizada de maneira correta pode ajudar a na segurança do condomínio.

Especialistas em segurança afirmam que a inspeção do prédio regular é a chave para se prevenir contra graves problemas estruturais, contribuindo para a saúde financeira dos condomínios.

Por falta de manutenção alguns condomínios têm de ser interditados, pois apresentam casos de problemas em estruturas e em pilares que sustentam o condomínio, problemas esses que com a inspeção poderiam até ser evitados. Com certeza muitos já ficaram sabendo de casos de desabamentos e que infelizmente os que estavam no prédio morreram. Esses desabamentos poderiam ter sido evitados caso a manutenção estivesse regular.

Por isso é importante que a inspeção seja feita, pois nela são encontrados problemas na estrutura do condomínio e com essa inspeção é possível que se garanta a segurança dos moradores do condomínio e se pode ter uma boa economia também.

Na inspeção predial também é possível que se localize problemas de falta de conservação, que leva a médio e longo prazo a perda do valor patrimonial e problemas de ordem administrativa, caso as normas de segurança e trabalhistas não sejam atendidas pelo condomínio.

O QUE OS MORADORES PODEM FAZER SE O CONDOMÍNIO NÃO ESTÁ COM A MANUTENÇÃO EM DIA

 

O problema de falta de manutenção em condomínio sabemos que resulta em diversos problemas para o edifício. Sendo assim, por esse e outros motivos importantes que síndicos devem sempre manter a manutenção do condomínio em dia. Mas e se no seu condomínio o sindico está se negligenciando a realizar a manutenção do condomínio? O que você e os demais moradores devem fazer? Vejamos quais devem ser as providencias tomadas pelos moradores nesses casos.

Todos sabemos que a falta de manutenção resulta em acidentes no condomínio, acidentes esses que podem até ser fatais, como por exemplo se houver um desabamento do prédio por causa que não houve uma manutenção adequada. Sendo assim se o síndico não se responsabiliza pela manutenção do condomínio, os condôminos podem o destituir de seu cargo, pois se o sindico cometer irregularidades, os condôminos têm o poder de através de assembleia e votação destituir o sindico de seu cargo.

Sendo assim se o condomínio não estiver com sua manutenção em dias os moradores podem solicitar que seja feita a manutenção. No entanto, se o sindico estiver cumprindo com suas obrigações e realizando a manutenção do condomínio, não há a necessidade de tomar providencias maiores. Dessa forma também, para que a administração do condomínio fique cada vez mais facilitada, o sindico pode também adquirir um software de gestão de condomínio, que pode ajudar bastante na administração do condomínio.