Slide toggle

Blog

CONSEQUÊNCIAS DA FALTA DE MANUTENÇÃO NO CONDOMÍNIO

Um dos problemas que ocorrem com maior frequência em condomínios é a falta de manutenção predial. Como todos sabemos a falta de manutenção do condomínio pode resultar em vários problemas graves para o condomínio. Sendo assim a falta de manutenção adequada e a inobservância das normas técnicas podem comprometer a eficácia das instalações elétricas do condomínio e até mesmo causar acidentes, como incêndios e choques elétricos.

Além desses problemas citados acima, a falta de manutenção do condomínio também pode acarretar outros problemas graves, como por exemplo o desabamento do prédio, desabamento de uma varanda, entupimentos de esgoto do condomínio, alagamentos e goteiras em épocas de chuvas dentre outros problemas que as vezes podem ser evitados com a manutenção predial em dias.

Sendo assim para que se resolva todos estes problemas acima, basta o síndico manter regular a manutenção do condomínio, pois se assim fizer vai estar garantindo o sossego, a segurança e o bem-estar de todos moradores. Dessa forma então mesmo com a manutenção em dias pode ser que algumas vez ou outra venha a surgir algumas ocorrências no condomínio. Nessas horas é sempre bom que o sindico seja notificado rapidamente para que o problema venha a ser resolvido.

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

Os condomínios terão mais uma importante ferramenta no combate a inadimplência de condomínio. No mês de março, o novo Código de Processo Civil mudou a forma de cobrança de débitos condominiais, pois a taxa de condomínio passou a ser considerada título executivo extra judicial, o que diminui o tempo entre o ingresso e a execução de uma ação de cobrança.

Anteriormente, para cobrar um inadimplente, era necessário apresentar à Justiça uma ação de cobrança, aguardar a audiência de conciliação ou sentença do juiz, mas dependendo dos eventos transcorridos no decorrer do processo, o condomínio poderia esperar quase uma década para receber a inadimplência em questão.

Com a mudança, é possível entrar direto com ação de execução das taxas condominiais em atraso e o devedor tem três dias para quitar ou negociar a dívida, mas não poderá parcelar mais do que seis meses. Além disso, seu nome poderá ser negativado em órgãos como SPC e Serasa sem necessidade de aprovação deste procedimento em uma assembléia.

Acreditamos que a inadimplência não acumulará por mais de quatro meses.

Dicas sobre como combater o preconceito dentro de condomínios

 

O preconceito conforme já falamos está presente em todos os lugares onde vamos. Por isso que em condomínios encontramos casos de moradores que sofreram preconceitos por parte de outros moradores. Sendo assim como que os moradores e síndicos podem diminuir os casos de preconceito dentro do condomínio? Alguns procedimentos podem ajudar a baixar os casos de preconceito dentro do condomínio.

Quando algum morador sofre preconceito é importante que ele tome uma atitude rapidamente para que esse caso não se repita novamente. Sendo assim para que diminua casos de preconceito todos devem se conscientizar que essa pratica é crime e que não devem ficar humilhando outras pessoas somente por que são de raça ou cor diferente. Dessa forma se o morador que sofre o preconceito denunciar o outro que praticou preconceito, ele vai estar colaborando para que seja tomada providencias de punição contra aquele morador preconceituoso.

Assim sendo se todos fizerem a sua parte, o preconceito vai cada vez diminuir e por fim acabar. Sem dúvida um mundo sem preconceito é bem melhor do que com o preconceito. Dessa forma se todos evitarmos praticar preconceito seja dentro ou fora do condomínio os casos de pessoas que sofreram preconceito vão acabar.